oddspedia

Agência Pará
Agência Pará
pa.gov.br
Ferramenta de pesquisa
ÁREA DE GOVERNO
TAGS
REGIÕES
CONTEÚDO
PERÍODO
De
A
SAÚDE

Campanha de vacinação contra gripe começa na próxima segunda-feira

Por Redação - Agência PA (SECOM)
30/04/2015 18h04

Com objetivo de reduzir as complicações e internações decorrentes das infecções pelo vírus da influenza, começam oficialmente na próxima segunda-feira, 4, em todo o Pará, as ações da campanha nacional de vacinação contra a gripe. Segundo a coordenadora estadual de Imunização, Jaíra Ataíde, os Estados da região Norte foram os primeiros a receber as doses da vacina. “Os 144 municípios paraenses já estão com as vacinas desde o dia 27 de abril, portanto, já estão imunizando a população”, explica.

O público-alvo da campanha são os adultos com 60 anos de idade ou mais, as crianças na faixa etária de 6 meses a menores de 5 anos, os trabalhadores de saúde, povos indígenas, gestantes e puérperas (mulheres com até 45 dias após o parto). Além destes, podem se vacinar a população carcerária e os funcionários do sistema prisional, e ainda os grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais (é necessária prescrição médica especificando o motivo da indicação da vacina).

Com o slogan “Não deixe a gripe te pegar”, a campanha tem como meta vacinar 80% de cada um dos grupos prioritários. A ação prossegue até 22 de maio, e no dia 9 haverá mobilização nacional. “Faremos o dia D juntamente com o município de Belém. A ideia é chamar a atenção da população para a importância da vacina contra a gripe”, explica Jaíra Ataíde.

No Pará, foram distribuídas 1,7 mil doses da vacina a 3.666 postos de vacinação; desses, 3.306 são postos fixos, que incluem unidades de saúde com sala de vacina, instituições de idosos e hospitais. Haverá ainda 360 postos volantes e 74 postos fluviais.

A influenza é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório. É de elevada transmissibilidade e distribuição global, com tendência a se disseminar facilmente em epidemias sazonais. A transmissão ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar ou pelas mãos, que após contato com superfícies recém-contaminadas por secreções pode levar o agente infeccioso direto a boca, olhos e nariz.

A vacinação é anual, devido às mudanças das características dos vírus influenza consequentes da diversidade antigênica e genômica a cada ano. A vacina é contraindicada para pessoas com história de reação anafilática prévia em doses anteriores bem como a qualquer componente da vacina ou alergia relacionada a ovo de galinha e seus derivados.

oddspedia Mapa do site